Nota LápisAgora que já explicamos as características que um empreendedor precisa ter, vamos falar do primeiro passo a ser dado para se abrir uma empresa: o planejamento. Este passo é considerado o primordial, pois ele será o espelho da sua empresa e determinará o sucesso, a indiferença ou a falência do seu empreendimento.

Para alguns essa primeira etapa consiste em um processo demorado e cansativo. Pois será necessário pesquisa, dedicação e tempo. Mas para que serve um planejamento? Ao final de todo esse trabalho, será ele que terá respostas a todas as suas perguntas, a compreensão da sua futura empresa no mercado só será possível por meio desse planejamento.

Vamos ao que interessa. O planejamento constitui o ato de antever o que será feito.

Primeiro passo: estudar a concorrência. Para você fazer parte do mercado, você precisa conhecer seus concorrentes, o que eles podem ou não ofertar, em que área eles atuam, quais são suas qualidades e seus defeitos. Enfim um raio-x da concorrência.

Segundo passo: pesquisar e levantar quanto custa abrir uma empresa. De qual espaço você precisa para abrir uma empresa, se é uma loja ou um escritório, do gasto que será necessário ter com funcionários, das contas essenciais a serem pagas, como IPTU, agua, luz, telefone. Qual rendimento médio se for vender determinada mercadoria. Enfim, qual será seus gastos nos 6 primeiros meses. Descobrir qual será a mão-de-obra necessária, se precisará de algum conhecimento específico, se precisa de algum curso para desenvolver o trabalho. Conhecer seus fornecedores, buscar o melhor e mais barato. A confiança é muito importante, pois dele dependerá o sucesso do seu trabalho, tudo tem que ser avaliado o custo e benefício.

Terceiro passo: seus clientes serão responsáveis por manter sua empresa funcionando e por seu reconhecimento como empresário. É muito importante conhecer sua futura clientela, entender as necessidades e descobrir as novas carências do mercado. Para isso seja cliente de seus concorrentes, assim poderá compreender o que se passa na cabeça de seus cliente e não pecar novamente. Você também não pode se esquecer da área de publicidade e marketing do seu negócio, afinal do que adianta ter todas as ferramentas para satisfazer seu cliente se ele não sabe que você existe?

Uma dica interessante e que pode reunir os três passos acima é a elaboração de um plano de negócio, que é justamente uma análise geral no seu negócio. Ou seja, de forma organizada, com análise e anotação de dados, você poderá conhecer seu negócio e ter uma real ideia do processo que lhe implicará para abri-lo. Todo esse planejamento não lhe garante sucesso total em seu empreendimento, porém o ajuda a prevenir e enfrentar as dificuldades que surgem no meio do caminho. Existem vários modelos de planos de negócio, mas a ideia chave é: recado

Ramo da Atividade: indústria, comércio ou serviços.

Mercado Consumidor: será a análise de informações referentes aos seus clientes.

Mercado Concorrente: análise da concorrência.

Ponto: aqui é onde será discutido a localidade do seu empreendimento, os pontos positivos e negativos.

Go to top